Poesia de Fábio Fontes nº 11 11ºL

Se é do tempo que demora na passagem

Ou da noite que traz a escuridão,

Se é do medo que transformas em coragem

Ou do sonho que trazes fechado na mão,

Se é do vento que transporta a liberdade

Ou da estrela que brilha noite e dia,

Se é do sonho que rompe a realidade

Ou daquilo a que chamas alegria,

Se é do tempo que ao passar só deixa história

Ou do céu que tu podes atingir,

Se é da forma como lutas pela vitória

Ou do reino donde não podes sair,

Se é da porta que se fecha no caminho

Ou da luz que afugenta a escuridão,

Se é do mundo onde eu ando sozinho

Ou da forma como vês o coração,

Se é do ódio que trazes guardado

Ou do brilho que trazes no olhar,

Se é de estares sempre aqui a meu lado

Ou do fim que pretendes alcançar,

Se é das batalhas que lutas pelo amor

Ou das nuvens sobre ti a pairar,

Se é do fogo que ao frio junta o calor

Ou da manhã que o dia vem alegrar,

Se é do espelho que mostra a tua alma

Ou dos passos dados junto ao mar,

Se é da tua serenidade e d essa calma

Ou da minha vontade de te achar…

Fábio Fontes  nº 11  11ºL

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: